CINE LUSO 2018

Em 2018, o CINE LUSO ESPIRITO MUNDO aconteceu em novembro com o tema “Somos Todos Estrangeiros” e tratou do olhar das migrações sob o prisma territorial e das identidades. O tema é atual mas também histórico, uma vez que as navegações portuguesas foram pioneiras na exploração de novos territórios e continentes constituindo-se a base dos fluxos migratórios na Idade Média.

A segunda edição aconteceu em Saint Gilles na cidade de Bruxelas, Belgica entre 05 e 23 de Novembro, 2018

A segunda edição e contou com presença de uma dezena de realizadores lusófonos ao longo de 20 dias e convidados locais. Ao final, como na primeira edição (MULHERES E MUSAS), houve a exibição de um filme produzido intulado CARTOGRAPHIE DES TERRITOIRES AFFECTIS, montado coletivamente cujo teaser pode ser conhecido antes do lançamento do filme previsto inicialmente para festivais internacionais.

SOMOS TODOS ESTRANGEIROS
Mas quem são os estrangeiros? Se estamos todos ligados pela humanidade, somos todos estrangeiros. Para pensarmos o tema trabalhamos as questões ligadas à territorialidade, memória, identidade e migrações.
A edição de 2018 manteve também os cine-debates com realizadores convidados e mediados por acadêmicos e criativos.

ATIVIDADES

06 cine-foruns com 21 films selecionados

01 residência criativa com 10 criadores lusófonos convidados por 20 dias

01 curta metragem produzido durante a residência criativa

01 evento final com a participação de criativos

01 concerto de encerramento em parceria com o Café Maison du Peuple – Da Pemba DJ set

Conheça a programação e sinopse dos filmes

Synopsis_FR

Sinopses_ PT

APOIO

O CINE LUSO ESPIRITO MUNDO tem o apoio da Commune de Saint Gilles, Cocof, Direção de Cultura, Maison des Cultures de Saint Gilles, Embaixada do Brasil, Embaixada do Portugal, Instituto Camões,  PALOP-TL, Fundação Cultural de Aracaju, Programa de Audiovisual Revelando os  Brasis, Secretaria de Cultura do Estado do Espirito Santo, Fundação Garibaldi do Acre, Produtora Saci, Festival PACHAMAMA, Festival Avanca de Portugal, Festival Brésis, Autres Brésis Asso, Filmografo, Terratreme e Produtora Parallax.

Promoção: Revista Acentuados  – Comunidade do Brasil e Luso.eu | Jornal das comunidades lusofonas